Terça-feira, 9 de outubro de 2018

 
 

Bom dia,


IPC avança no começo de outubro. O índice de preços ao consumidor do município de São Paulo apresentou variação de 0,43% na primeira quadrissemana do mês, ficando ligeiramente acima dos 0,39% da última leitura. Transportes e alimentação foram as classes que mais contribuíram para essa alta. Em contrapartida, houve nova deflação em vestuário e desaceleração nos preços de despesas gerais. 

aSaldo comercial da Alemanha cresce. Em agosto, o saldo da balança comercial da maior economia da zona do euro foi positivo em € 17,2 bilhões, maior que os € 16,5 bilhões da última leitura, devido à queda de 0,1% nas exportações e de 2,7% nas importações, na série com ajuste sazonal. Na comparação com agosto do ano anterior, houve alta de 2,2% nas exportações, puxada pela venda a países que não integram a União Europeia, e de 6,2% nas importações. 

Bolsas no campo negativo. Os futuros americanos sinalizam tom mais negativo, com os investidores preocupados com o ritmo de aumento dos juros no próximo ano, sendo assim, seguem atentos aos comentários de alguns representantes do Fed, no dia de hoje. Além disso, o FMI acabou cortando a previsão de crescimento global. Na Europa, as bolsas também estão em baixa, ainda por conta do impasse sobre o déficit italiano entre o governo local e a UE. Na Ásia, os mercados também fecharam em baixa.

   

SulAmérica (SULA11) adquire Prodent. A companhia vai pagar R$ 145,7 milhões por 100% de participação na oitava maior operadora de planos odontológicos do país, com receita de R$ 100 milhões em 2017. Com os 400 mil beneficiários vindos da Prodent, a carteira odontológica da SulAmérica chega a 1,5 milhão de pessoas. Esperamos reação positiva do mercado.

B3 (B3SA3) tem dia de recorde e divulga prévia operacional de setembro. Ontem, a companhia teve o maior número de negócios realizados em sua história nos segmentos BM&F e Bovespa somados, após o primeiro turno das eleições. Ao mesmo tempo, a B3 divulgou sua prévia operacional de setembro que mostrou retração nos volumes negociados nesses mesmos segmentos tanto na comparação com agosto quanto contra setembro do ano passado, denotando a cautela dos investidores antes das eleições. Por outro lado, houve boa evolução no segmento Cetip e na receita média por contrato na BM&F.

Liminar da concessionária de Viracopos é cassada (TPIS3). A liminar que suspendia o processo de caducidade da concessão e a aplicação de uma multa na concessionária foi cassada pela justiça de SP. Notícia negativa para a companhia.

AGENDA DE DIVIDENDOS



Bons negócios